terça-feira, 30 de maio de 2017

A Origem do Judaísmo,Cristianismo e Islamismo

A Origem do Judaísmo,Cristianismo e Islamismo


De acordo com o judaísmo rabínico tradicional.Deus revelou as suas leis e mandamentos a Moisés no Monte Sinai,na forma de uma escrita e oral.
O judaísmo afirma uma continuidade histórica que atinge mais 3.000 anos. É a mais antiga das três grandes religiões abraâmicas que sobrevive até os dias atuais. Os textos,tradições e valores do judaísmo influenciam mais tarde outras religiões incluindo o cristianismo,e islamismo.Muitos aspectos do judaísmo também influenciaram, direta ou indiretamente,pela ética secular ocidental e pelo direito civil.Os judeus são grupo etno-religioso e incluem aqueles que nasceram judeus e foram convertidos ao judaísmo. 

De acordo com a visão religiosa o judaísmo é uma religião ordenada pelo criador através de um pacto eterno com patriarca abraão e sua descendência. Já os estudiosos creem que o judaísmo seja fruto da fusão e evolução de mitologias e costumes tribais de região do levante unificadas  posteriormente mediante a consciência de um nacionalismo judaico.

O principio básico do judaísmo é a unidade absoluta de YHWH com Deus e criador, onipotente,onisciente,onipresente, que influencia todo o universo,mas que não pode ser limitado de forma alguma.

O judaísmo posterior ao exito no entanto assumiu a existência de uma corte espiritual na qual Deus seria uma especie de rei,o qual controlaria seres para execução de sua vontade  ( anjos).Esta visão era aceita pelos fariseus e passada para o posterior judaísmo rabino,mas no entanto desprezada pelos saduceus.


Sobre o Messias:

Ainda que se acreditarmos na Torá este tema não seja tão desenvolvido no judaísmo primitivo após o retorno do Exilo em Babilônia desenvolveu-se baseado no profetismo e no nacionalismo judaico conceitos que iriam formar a base da escatologia judaica.Entre estes temas principais podemos nomear os conceitos sobre o Mésias e o Olam Habá ( mundo vindouro) no qual todas as nações submeter-se iam a YHWH e  a Torá e na qual israel ocuparia um lugar de proeminência. Historicamente diversos personagens foram chamados de Messias,do hebraico ungido, que não assume o mesmo sentido habitual do cristianismo como um "ser salvador e digino de adoração".
Até mesmo o conceito do Messias não aparece na Torá,e por isto mesmo recebe interpretações diferentes de acordo com cada ramificação.




A maior parte dos judeus crê no Messias como um homem judeu,filho de um homem e de uma mulher,( em algumas ramificação é considerado que viria da tribo de Judá e da descendência do rei Davi,uma herança do sentimento nacionalista que regulou a vida judaica pós-exílio) que reinaria sobre israel,reconstruirá a nação fazendo com que todos os judeus retornem á terra santa e unirá os povos em uma era de paz e prosperidades sobe o domínio de YHWH.

Seu livro sagrado Torá ou pentateuco,o que equivale ao primeiro testamento Bíblico. 



Cristianismo.

Grande parte das vertentes cristãs herdaram do judaísmo a crença na existência de um único Deus, criador do universo e pode intervier sobre ele.Os seus atributos mais importantes são por isso a onipotência, a onipresença e onisciência.

Outro dos atributos mais importantes de deus,referido várias vezes ao longo do novo Testamento,é o amor: deus ama todas as pessoas e essas podem estabelecer uma relação pessoal com Ele através da oração.

A maioria das denominações cristãs professa crer na santíssima Trindade,isto é, que Deus é um ser eterno que existe como três pessoas eternas, distintas e indivisíveis o Pai o Filho e o Espirito Santo. A doutrina das denominações cristãs difere do monoteísmo judaico visto que no judaísmo não existem três pessoas da Dividade,: ha apenas um único Deus,e o Messias que virá será um homem,descendente do rei Davi.



Islâ

É uma religião abraâmica monoteísta articulada pelo alcorão,um texto considerado pelos seus seguidores como a palavra literal de Deus.pelos ensinamentos e exemplos normativos ( a chama suna,parte do hadith) de Maomé, considerado pelos fieis como o último profeta de Deus.Um adepto do islamismo é chamado de muçulmano. Eles também acreditam que o Islã é a versão completa e universal de uma fé primordial que foi revelada em muitas épocas e lugares anteriores,incluindo por meio de Abrão,Moses e Jesus, que eles consideram profetas. Os seguidores do islão afirmam que as mensagens e revelações anteriores foram parcialmente alteradas ou corrompidas ao logo do tempo,mas consideram o alcorão com uma versão inalterada da revelação final de Deus.O islamismo não nega diretamente o judaísmo e o cristianismo, pelo contrario, considera uma versão antiga e perdida dessas religiões monoteístas como parte da suas herança; as suas versões atuais teriam sido alteradas, o próprio islão considerando-se uma restauração da verdade divina.




0 comentários:

Postar um comentário